31
Out 10

Photobucket

 

A penúltima prova do Trial Nort’4x4 Edição 2010 decorreu no dia 31 de Outubro em São João da Madeira, sob organização do Turbo Clube. A intempérie que assolou o local durante a semana antecedente, com fortes chuvas sobre um terreno com pouca vegetação, tornou a pista num autêntico campo de batalha com lama em quase todo o trajecto e com enormes valas e descidas e subidas acentuadas e escorregadias. Um dia de todo-terreno extremo que pôs em prática a resistência física de navegadores; pilotos; viaturas e até de todos os aficionados que fizeram questão de marcar presença. Para todos aqueles para quem estado do tempo não foi impedimento; calçado e roupas impermeáveis eram traje obrigatório num dia em que o vento e chuvas foram uma constante durante quase toda a prova. Apesar do número reduzido de participantes, as equipas presentes fizeram questão de tornar valioso o tempo e o esforço dispendido por todos os que quiseram assistir à quarta prova da competição. Uma pista repleta de lama e água brindou o público com momentos de grande qualidade e que fizeram as delícias de todos os fotógrafos presentes. A primeira equipa a sofrer com o grau de dificuldade da pista foi a Cif-Imóveis, quando aos 40 minutos de prova capotou o Jeep Wrangler numa descida escorregadia e de grande inclinação, vendo-se obrigada a abandonar a prova precocemente. Também a dupla Bruno Fernandes/António Azevedo da Cava-JMF teve que recolher prematuramente às boxes dado o exagerado aquecimento da Toyota Hilux. Com melhor andamento, as equipas Team Paralellu’s; Auto Orlando e Restaurante Pizzaria Refúgio iam deslumbrando com uma condução robusta e eficaz. A equipa de Daniel e Rui Mendes teve, apesar disso, problemas com o tubo do turbo à passagem dos 90 minutos de prova e ainda alguns contra-tempos com o guincho, mas que não foram razões de impedimento para a equipa continuar num excelente registo e terminar a prova na quinta posição. A equipa Ricardo Lourenço/Bruno Ferreira ocupou a quarta posição enquanto que a equipa de Marcelo Mendes/Miguel Veigas ficou na sexta posição. Também com numa prestação de grande qualidade, o Jimmy’s Proto da F-Racing ia dando provas de grande potência e capacidade de ultrapassar cada obstáculo. A equipa seguia com um bom andamento quando, a 40 minutos do fim da prova, partiu o pinhão do grupo cónico, perdendo cerca de 15 minutos nas boxes e vendo-se obrigada a seguir sem tracção traseira. Também potente demonstrava ser o motor do Toyota BJ40 da equipa RS-TT, que se apresentou sempre com um grande agressividade na abordagem a cada novo desafio. Apesar disso, o motor não resistiu à exigente prova, cedendo no final; facto que, de resto, não constituiu entrave para um honroso 2º lugar no pódio. O grande vencedor do dia foi a equipa Stand PJ que, partindo para a prova em primeiro lugar, confirmou o favoritismo alcançando uma merecida vitória que lhe valeu mais 30 pontos e partindo para a última prova da competição em primeiro lugar na classificação geral, a 10 pontos do segundo classificado, RS-TT. A última prova será disputada a 5 de Dezembro em Póvoa de Lanhoso, sob alçada do Clube TT Lanhoso, antevendo-se uma renhida competição.

 

Photobucket
Photobucket

 

Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket


 

23
Abr 10

 

 

 

 

Foi no passado dia 18 de Abril de 2010, no Parque Industrial de Sobreposta, em Braga, que decorreu a primeira proa do já distinto Trial Nort’4x4. Várias equipas estiveram presentes numa remodelada pista e numa prova em que se verificaram notáveis ausências; ausências estas foram totalmente esquecidas pelo espectáculo que os presentes proporcionaram ao público presente.

Várias foram as novidades nesta ronda inaugural. A estreante equipa RsTT apresentou-se com um BJ40; motor de 3,5 cilindros proveniente de uma Dyna, eixos de Patrol GR e amortecedores Fox, tendo proporcionado uma prova bastante animada aos presentes. A forma impiedosa e agressiva de abordar cada espectáculo tornaram-se características destes estreantes; apresentando sempre um rápido andamento, o qual originou inclusive um capotanço numa recta alternativa. Apesar dos problemas no guincho, nada lhes retirou a moral. A equipa Carvez/Rottarcos apresentou-se com algumas modificações na viatura, nomeadamente, um recuo do eixo traseiro, melhorando o ângulo traseiro e aumentando o ventral.

Uma pista bastante dura obrigou a várias visitas às boxes, na tentativa de resolver os problemas que foram surgindo; problemas esses que os membros de cada equipa foram obrigados a resolver em tempo útil.

A já experiente equipa Inersel manteve o andamento ao seu nível de top, obtendo um óptimo 2º lugar, apesar de a Nissan Navara acusar não estar nas melhores condições no final da prova. Também o “UniMog” da equipa Restaurante e Pizzaria Refúgio teve problemas logo na segunda PET a nível da suspensão; ficando sem mola e amortecedor no lado direito traseiro; factos estes que não o impediram de concluir a prova e de mostrar grande perícia na passagem de obstáculos pouco acessíveis para a maioria.

Interessante também ver o experiente piloto Paulo Jorge desta vez nas funções de pendura com uma distinta prestação e revelando grande versatilidade.

Com falta de sorte estiveram equipas como a EcoFriendly Biclas, com vários problemas durante a prova que a impediram de atingir melhores classificações; o Samurai da equipa Fevinor teve também uma prova azarada capotando duas vezes. O outro Samurai presente, da equipa H Quatro teve problemas com a tracção dianteira. A equipa Auto-Orlando também não teve nos seus melhores dias, tendo problemas de bateria mas, ainda assim, concluindo a prova.

A equipa Índigo 4x4 fez uma boa prova mostrando uma crescente ascensão; sendo um justo vencedor que irá com certeza dar luta às equipas mais experientes, nas competições em que estiver presente. Uma excelente prestação numa prova distinta na qual demonstraram estar já ao melhor nível valeram-lhe o primeiro lugar. Para os membros de toda a equipa, os meus mais sinceros parabéns!


11
Jan 10
E assim chegou ao fim a primeira edição do Trial Nort’4x4.
A derradeira prova teve lugar na Póvoa de Lanhoso no passado domingo, 10 de Janeiro e contou com a participação de cerca de 30 equipas; sob organização do clube TTLanhoso.
O frio, neve e chuva que foram brindando a pista não evitaram um excelente espectáculo com obstáculos para todos os gostos e dificuldades. Não evitaram também momentos mais “apertados” para os pilotos e penduras. E que o diga o piloto Domingos Parente da equipa Biclas ou então o Paulo Jorge da PJ Automóveis, uma vez que ambos sofreram um aparatoso capotanço. Apesar disso, e após alguns reparos, a equipa Biclas manteve-se em prova, o mesmo não sucedendo com a PJ Automóveis cujo piloto teve inclusive sido encaminhado ao hospital. 
O vencedor do Troféu Ibérico de Trial 2009, Stand Candeias, que desta vez se apresentou com uns pneus Bogger traseiros, conseguiu impor um excelente ritmo nesta prova, tendo conseguido o 4º lugar da classificação Geral mesmo tendo faltado à primeira prova, em Braga.
De volta esteve o “JeepMog” da equipa Restaurante Pizzaria Refúgio, que desta vez teve o azar de partir um semi-eixo, mas mostrou potencial para boas prestações em provas futuras.
O grande vencedor do dia e do troféu foi o Stand Emanuel Costa; a astúcia e cuidado com que enfrenta os obstáculos permitem-lhe manter o Wrangler Rubicon sempre a 100% ao mesmo tempo que lhe proporcionam provas constantes, com um bom andamento do princípio até ao fim e óptimos resultados, que lhes são característicos.
Os meus parabéns não só para o vencedor mas também para os outros participantes, que tudo deram para permitir os óptimos espectáculos a que assistimos. Parabéns também, como não podia deixar de ser, para as organizações das 4 provas, que fizeram um trabalho excelente. 

 

 

 


01
Dez 09
 
No passado domingo, 29 de Novembro, decorreu em Arcos de Valdevez a 3ª prova do Trial Nort4x4 2009, organizada pelo clube Rottarcos.
As condições climatéricas que se faziam sentir antes da prova anteviam um dia complicado para pilotos, co-pilotos e mesmo para o público. Chuva e frio foram uma constante durante a tarde, que contou até com queda de neve. 
 
Antes mesmo de ser dada ordem para o início da partida (que nestas provas é dada pelo lançamento de um morteiro), houve quem se quisesse adiantar e lançou também um morteiro. O resultado da brincadeira foi uma hora de atraso na verdadeira partida. A organização foi obrigada a reunir de novo todos os participantes nas boxes, já que alguns tinham feito falsa partida. O verdadeiro morteiro foi lançado com uma hora de atraso.
 
Constituído por 7 PET's (Prova Especial de Trial), todas em terrenos naturais, o traçado da prova obrigava à transposição de obstáculos de elevado nível de dificuldade, na maioria das vezes apenas transponíveis através da utilização do guincho. Pedras escorregadias; lama; picadas de quase 90 º, entre outros, fizeram deste um precurso mais lento do que aqueles que se têm visto. Foi sobretudo uma prova bastante dura para os penduras que, além dos duros terrenos que tiveram que ultrapassar, também estiveram debaixo de frio e chuva durante toda a prova. 
 
Com uma condução segura e uma grande coordenação na equipa, Stand Candeias foi novamente a equipa vencedora. Apesar disso, não estará na luta pelo título a 10 de Janeiro na Póvoa de Lanhoso, uma vez que não participou na primeira prova, em Braga. A competir por esse mesmo título estarão as equipas Stand Emanuel Costa e Inersel, que conseguiram o 2º o 3º lugares, respectivamente. 
 

 

02
Out 09

      

       A 2ª prova da competição decorreu no passado domingo, dia 26 de Setembro, em Famalicão. Contou com a presença de 30 equipas e de bastantes aficcionados pelo TT que não se deixaram intimidar pelas nuvens de pó que nos varreram durante toda a tarde. 

A dureza da prova levou a variados problemas técnicos, os quais afastaram cedo equipas como a PJ automóveis (partiu o grupo cónico pouco tempo depois de começar a prova); Biclas (quebrou o guincho, imprescindível a esta prova); JLRS (o Defender teve um aparatoso capotanço); Horto da Boavista, entre outros. 

       No final da prova, os três primeiros classificados foram equipas já repetentes nestas "andanças". A equipa Stand Emanuel Costa ficou desta feita em primeiro lugar, seguida pela equipa Inersel que, com esta classificação consegue manter o primeiro lugar da geral e, em terceiro lugar ficou a equipa Stand Candeias. Esta última não participou na prova de Braga, mas com esta excelente classificação consegue o 8º lugar na geral. 

 

 

 

Classificação Final da 2ª Prova (Famalicão)

 

1º STAND EMANUEL COSTA 24800
2º INERSEL 23500
3º STAND CANDEIAS 23200
4º F.RACING 22300
5º AUTO ORLANDO 21000
6º VENTILAÇÕES MOURA 17800
7º TATTUDO TEAM 17100
8º ORGASMOS TT 15600
9º ALGARPNEUS 15400
10º GERARDO OFF ROAD 14500
11º IC POWER 14100
12º DRAG RACE 1 14000
13º AUTO BAPTISTA 13900
14º 7INGS 12900
15º STAND CAMÕES 11800
16º PALJET 11500
17º MONSTERTT 9800
18º FARMÁCIA MANSO PRETO 8300
19º TEAM CARVEZ/ROTTARCOS 1 8100
20 TEAM ROFER 7000
21º DINAPACA 5200
22º SIMPLE CLAP 5100
23º TEAM BICLAS/JIPES E COMPANHIA 4800
24º VVGÁS TEAM 4400
25º LANDROVERDOTELES 3700
26º HORTO DA BOAVISTA 2500
27º ALGARPNEUS 2 1400
28º JLR - DR. JULIO 800
29º CAVA / JMF 700
30º PJ AUTOMÓVEIS -200


Classificação Geral do Trial Nort'2009

 

 

publicado por Elsa às 15:44
sinto-me: Stand Emanuel Costa

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 

FarmaceuTTicando

VISITAS